Arquivo da tag: Paris

Finalmente as fotos e vídeos das nossas férias em Viena

Bom, passamos a virada do ano em Viena e a viagem foi toda muito divertida, faltou a neve (que só chegou depois que fomos embora). Mas foi uma semana memorável e que tudo deu certo!

O Mapas e Itinerário da Viagem para Viena e Bratislava (ZIP) é um arquivo com todas as informações que utilizamos para nosso planejamento. As imagens foram colocadas no Ipod (Iphone também serveria) e o itinerário no calendário do Outlook e depois sincronizado com o Ipod. Alguns dias ficaram perfeitos, outros sobrou tempo, o que não é de todo ruim né?
Seguindo estas informações é possível ver as partes mais importantes da cidade e ainda conhecer a cidade de Bratislava, capital da Eslováquia, a qual fomos de trêm.

Viena é até agora a cidade mais organizada, bonita, segura e cultural que eu visitei até hoje. Não é barato… mas fazer o que né? O jeito foi aproveitar! Confiram as fotos e videos das cervejarias que fomos… Até chopp de chilli tinha (ruim que é o diabo!)

Lista dos Álbuns por dia (basicamente o que está listado no Álbum de Fotografias:


Voltar para lista das galerias por dia!

E também alguns videos da viagem que já estão no Youtube no nosso canal perdidosnaindia:

Abaixo você pode conferir os 4 videos sem parar! 🙂

Os novos projetos são Kuala Lumpur no segundo semestre e viagem da cerveja na Bélgica para o início do próximo ano! 🙂

VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 0.0/10 (0 votes cast)

Kit Frio II – Inverno Europeu é moleza! (Viagem para Paris – Viena -Bratislava)

Algumas das principais chaves de procura para o nosso site são relativas ao inverno europeu, a Carol fez um post no início do ano sobre o Kit Frio. Tudo foi explicado lá, após ser testado e aprovado! 😉

Muitas pessoas estão procurando informações a respeito de passeios por Paris, França. Vocês podem baixar este arquivo, com o itinerário, ou então conferir os posts com as fotos e videos por dia: Dia 1, Dia 2, Dia 3 e Dia 4. Em 2010 o Soldes by Paris vai ser do dia 6 a 9 de janeiro!

Nossas férias deste ano também serão no frio, mas dessa vez na Áustria, Eslováquia (day trip) e um dia em Paris. Metade da viagem já está pronta, depois que voltarmos vou colocar um arquivo aqui no site com todos os mapas e informações que utilizamos (um pouco mais completo que o itinerário das nossas férias em Paris).

Vamos então colocar algumas fotos e discutir um pouco da importância de cada um dos componentes.

Balança para Malas
O que uma balança tem a ver com um kit de inverno? Simples, o peso das malas é um item complicador. Vou explicar, após você chegar a Europa (Londres, Paris, Frankfurt são os principais pontos de chegada) você talvez tenha que pegar um vôo para seu destino final, dependendo disto o limite de bagagem é de 1 volume de no máximo 20kg! É importante conversar com a agência de viagem (caso você utilize), ou ler o site das empresas onde a passagem está sendo comprada! Uma das soluções é utilizar o serviço de “Malex” que existe nos aeroportos (Paris e Frankfurt eu tenho certeza que existe).
Compramos esta balança no ebay.in, mas deve ser fácil encontrar no Brasil já que é fabricação chinesa.

Cachecóis

Tocas

Neck Tube

Luvas

Meias para frio

Coletes

Segunda pele (modelo feminino)

Blusas de lã
Lã acrílica não conta! Tente escolher uma blusa que tenha pelo menos 30% de lã natural.

Exemplos de casaco para frio, com o capuxo e as mangas caneladas

Depois vou atualizar o post e colocar a foto das botas/tênis.

VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 0.0/10 (0 votes cast)

Kit Frio!

Olá!
Na minha preparação para o passeio em Paris, vi que existem informações sobre “como se preparar para o Inverno Europeu”. Mas, ou são muito vagas ou incompletas. Primeiro não se iluda com o “frio ameno de Paris”, isso é uma comparação com outros países super gelados daquele continente, portanto, vá preparada.

Um bom par de botas: com solado de borracha, impermeável e cano longo, se você for comprar, procure algum modelo básico, que combine com os seus jeans e que não pareça que você seja uma garçonete de uma estação de esqui. Escolha um modelo confortável, os com forro de lã são muito bons.

Meias de lã natural: não, não são aquelas meias que a sua avó fazia para você dormir quando pequeno! Hoje existem modelos nacionais e importados para vender no Brasil, normalmente se encontram em lojas de turismo de aventura. Essa meia é boa, pois mesmo se o seu pé suar, a meia “respira”, evitando que o pé fique molhado. Evite repetir o par de um dia para outro, logo, faça o cálculo de quantas irá precisar, considerando se você vai lavar roupa ou não. Usei também um par de algodão grosso (daquelas que se usa em academia) e deu tudo certo.

Segunda pele: Sem o risco de puxar fio como a meia-calça. existe uma alta tecnologia na produção dessa roupa, tem a blusa de manga comprida e a calça. O forro é macio como o fleece, e a parte externa se assemelha ao dry-fit, leve, rápido para secar e o mais importante, não se perde mobilidade vestindo essas peças. Existem várias marcas, mas a brasileira “Solo” é uma das mais baratas, no site deles existem uma infinidade de lojas que vendem seus produtos, inclusive on line.

Cachecol: peca importante do vestuário, sendo o mais barato de todos os itens dessa lista procure variar, Existem vários tipos e tecidos, o de lã uruguaia, facilmente encontrado no sul do Brasil está de bom tamanho. Usei também um feito em tear, mas como o ponto dele e mais grosso, certifique-se que a lã seja mais espessa e tenha bastante volume. Também pode-se comprar um neck tube, e encontrado em lojas de turismo de aventura, na tradução ao pé da letra e um tubo para o pescoço, de forma cilíndrica você passa o apetrecho pela cabeça e encaixa no pescoço, não é tão glamoroso, mas é barato e protege bem do frio.

Luvas: item que eu não aprecio, mas foi necessário. No Brasil uma luva adequada que se encontra em lojas de aventura não sai por menos de R$ 75,00, se você for valente pode esperar para comprar em algum supermercado ou C&A por uns $ 12,00 Euros. Existem modelos e tamanhos, então na hora de comprar veja em qual você se adapta maior. Ah, não compre luvas de esqui, as luvas para cidade são mais finas e em cores mais discretas.

Gorro: não importa se você tem cabelão ou não, você precisa proteger o cucuruco do frio. Claro que pode-se usar o capuz do casaco, mas para evitar que todos vejam o quão descabelada está, use um belo gorrinho / boina, existem várias formas, modelos e preços, eu usei um de couro, forrado com pêlo de ovelha (que eu comprei há anos no ARS em Floripa, a loja ainda existe) e outro de fleece, que pode ser usado como neck tube, mas se tiver uma cordinha com trava, fecha-se uma das pontas, usa-se também como gorro. Evite usar aquele fino de lã, pois pouco vai adiantar.

Casaco: e a peca mais cara do “kit Inverno”, prepare-se para fazer um investimento, pela minha pesquisa, não sai por menos de R$ 700,00, Além de precisar ser impermeável, procure por modelos que cubram o traseiro (pois frio lá ninguém merece, jaquetinha da moda que mostra o lombo, nem pensar), com algum forro, seja de fibra ou de lã, compramos um com forro de pluma e é muito leve e quentinho. Algumas outras coisas que são aconselháveis, capuz com a ponta de pluma (isso barra o vento e a neve de ir aos seus olhos), a manga externa pode ser aberta, mas procure dentro dela uma manga fechada, do tipo canelada no punho (isso evita a entrada de vento pelos braços). A má notícia é que pouco encontrei disso no Brasil, mas para a salvação, encontrei duas lojas, uma delas vende on line. Como eu tive a sorte de pegar as liquidações, levei um casaco preto de inverno emprestado e lá comprei um para mim. Caso você for aos USA não se preocupe, lá você encontrará casacos baratos e ótimos, mas na Zona Euro, procure pela C&A ou outros magazines mais populares, será caro, mas ainda existe a possibilidade de ser mais barato do que comprar no Brasil.

Blusas de lã: Considerando que você está usando a segunda pele e um bom casaco de frio, a blusa de lã não precisa ser um grande investimento. Usei uma fina de lã pura que peguei emprestada, funcionou perfeitamente, nos outros dias usei aquelas fuleironas de lã acrílica, mas coloquei uma camiseta manga comprida entre ela e a segunda pele e resolveu. Podem-se comprar também os casacos de fleece, com zíper ou não, vendidos em lojas de turismo para aventura.

Calças: com a segunda pele e a bota cano longo, use as calças que você usa no inverno de sua cidade, Jeans está mais que o suficiente! Não se assuste se você encontrar as meninas de saia sem meia, o courinho delas já está mais preparado que o nosso. Por motivos de mobilidade e conforto, não usei saia / vestido.

A menos que você seja muito rica ou viva em um país gelado, você vai ficar 100% de acordo. Em Paris ou em outras cidades fashion é difícil estar na moda inverno, alias como eles já são mais acostumados com o frio, não precisam de tantos apetrechos.
Mas mais importante é aproveitar o passeio, quem se importa se você conseguiu um casaco emprestado amarelo mostarda com um forro verde abacate!!!! É bem melhor ir com ele e poder conhecer os lugares do que ir com uma charmosa jaqueta jeans da Ellus – que eles nem conhecem, e não conseguir sair do hotel.
Mas por favor, estamos falando de invernos europeus amenos com mínimas de -10o C, não tente ir para a Rússia ou Letônia vestida assim!!!

Links Úteis:

http://www.solobr.com/ – marca da segunda pele – no site tem os links dos vendedores autorizados.

http://www.benevento.com.br/ – loja que vende artigos de inverno para a cidade, preços razoáveis e roupas eficazes. Vende on line

http://www.lojadeinverno.com.br/ – loja que vende artigos de inverno para a cidade, não vende on line, lojas no Rio de Janeiro.

http://www.canyonadventure.com.br/ – loja de turismo de aventura vende on line.

http://www.capitaomalagueta.com.br/ – outra loja de Turismo de aventura vende on line e tem no shopping Beiramar em Floripa.

http://www.centauro.com.br/ – Loja esportiva que vende on line e possui alguns itens de interesse.

VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 8.7/10 (3 votes cast)

Férias em Paris – Primeiro dia

Antes de voltarmos para a Índia fizemos uma parada em Paris (porque viver na Índia tem que ter suas compensações 😉 ), passamos quatro dias lá, abaixo vamos colocar o relato, fotos e vídeos do primeiro dia!

Primeiro vamos colocar as fotos (poucas fotos).

O meu irmão pediu pra colocar o roteiro de viagem, então abaixo o roteiro do primeiro dia, um site importante é o do sistema de metro de Paris (que permite fazer visualizações das rotas):

inicio fim o que?  

08:00

10:00

Chegada, malas, cambio, pegar trêm  

10:00

12:00

Pegar o trem RER B direção Orsay-Ville (azul claro) até estação Denfert-Rochereau  
    Baldear para linha M6 direção Charles de Gaulle-Etoile (verde claro) até estação Sevres-Lecourbe  
    Sair da estação e procurar a Boulevard Garibaldi (Hotel Derby Garibaldi e na esquina  
    MP Gaz e ir pela Passage des Charbonniers até a Rue Lecourbe virar a direita  

12:00

14:00

Chegar no hotel, fazer check-in e almoçar  

14:00

15:00

Pegar metro estação Sevres-Lecourbe M6 direção Charles de Gaulle-Etoile (verde claro) até estação La Motte-Picquet Grenelle  
    Baldear para linha M8 direção Maison-Alfort-les Juilliottes (roxo) até estação Opera  
    Sair na direção Noroeste pela Rue Auber, 13 para a L’OpenTour  
    Pegar as carteirinhas de metro  

15:00

16:00

Sair da Rue Auber e ir a igreja Madeleine  
    Rota: 5 minutos  
    Head northwest on Rue Auber toward Rue de Caumartin 70 m
    Slight left at Rue des Mathurins 0.1 km
    Turn left at Rue Tronchet 0.3 km

16:00

17:00

Sair da Igreja Madeleine e ir ao Louvre pela Place de La Concorde  
    Rota: 30 minutos  
    Head northwest on Place de la Madeleine 27 m
    Turn left to stay on Place de la Madeleine 0.2 km
    Turn left to stay on Place de la Madeleine 35 m
    Continue on Rue Royale 0.3 km
    Slight right at Place de la Concorde 0.2 km
    Turn left to stay on Place de la Concorde 61 m
    Continue on Jardin des Tuileries 0.1 km
    Turn left to stay on Jardin des Tuileries 84 m
    Turn left to stay on Jardin des Tuileries 0.1 km
    Jardin des Tuileries turns right and becomes Terrasse des Feuillants 0.5 km
    Turn left at Terrasse des Tuileries 36 m
    Turn right at Rue de Rivoli 0.3 km
    Turn right at Place du Carrousel 0.1 km
    Turn left to stay on Place du Carrousel 43 m

17:00

21:00

Visitar o Louvre  

21:00

21:30

Pegar metro M1 estação Louvre-Rivoli direção La Defense (Grande Arche) (amarelo) até estação Charles de Gaulle-Etoile  
    Baldear para linha M6 direção Nation (verde claro) até estação Bir-Hakeim (Grenelle)  
    Sair pela direção norte até a torre Eiffel  

21:30

22:00

Ver a Torre Eiffel e tirar mUuUUUuuuitas fotos  

22:00

22:30

Voltar para o hotel de metro  
    Pegar metro M6 estação Bir-Hakeim (grenelle) direção Nation (verde claro) até estação Sevres-Lecourbe  
    sair da estação e ir pro hotel  

Agora o vídeo, que por sinal ficou muito engraçado:

As nossas impressões de Paris foram basicamente “inacreditável, lindo, perfeito, limpo, organizado, comida gostosa”, encontramos uma quantidade (assustadora até) de brasileiros. Os grandes magazines já tem guias de compras em português-brasil!

VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 0.0/10 (0 votes cast)