“Ir indo”

Caros Amigos, pela primeira vez me senti confiante o bastante para escrever aqui. Há dois meses e meio nossas vidas, (do Chico e minha) ficaram de ponta cabeça. Agradeço a todos que nos ajudaram, consolaram (mesmo achando que não estavam) e principalmente foram pacientes conosco. Meus medos estão ficando mais tímidos dada a necessidade de “ir indo”.

Sim, é um desafio, mas estamos felizes e mais confiantes do que nunca. Agradeço a todos por lerem e nos acompanharem nessa jornada, espero (o quanto antes) postar em minha casa.

Alessandra, li seu recado,  não sabemos tudo ainda sobre Bangalore, mas ficarei muito feliz em poder passar o que já aprendi, quando chegares, podemos marcar um almoço, pois é muito muito importante ter boas pessoas por perto (nossos celurares estão em algum post feito pelo Chico), não se acanhe em ligar. Alessandra 1º aviso, não tenha pena em não levar todas as suas roupas, aqui é muito muito barato, e não estou falando em roupas etnicas.

Abraços a todos!

Carol

VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 0.0/10 (0 votes cast)

7 ideias sobre ““Ir indo””

  1. Carolzinha… admiro sua coragem.
    Os medos são normais, e servem pra nos proteger de muita coisa. E vc é forte pra caramba, ou seja, teus medos logo vão estar todos absolutamente controlados.
    Cuidem-se muitão aí que a gente torce montão por vcs daqui.
    Beijocas!

  2. Cacá,

    admiro o esforço de voces. Que bom que estás bem. Lembre que as melhores coisas da vida sempre causam medo por serem desconhecidas da gente.
    Desejo que o tempo passe rapido o suficiente pra volta. Aproveitem e divertam-se.
    Muitos beijos pros dois,

    Mami Lu

  3. Oi Carol!

    Muito obrigada pelas dicas, com certeza entrarei em contato qdo chegar aí em Bangalore..
    É muito bom mesmo saber q terei pessoas com minha mesma cultura em um lugar onde tudo é diferente. Confesso que tenho medo, então me tranqüiliza saber q não estarei sozinha e perdida.. hehehe
    Estou vendo aqui as fotos da sua nova casa, muito bonita, linda mesmo. Que ótimo q encontraram um doce lar. 🙂
    Enfim, sigo acompanhando as conquistas de vocês!

    Abração!

  4. Carol… tens que escrever mais… primeiro p/q escreves muito bem.Segundo p /q colocas o sentimento real nas palavras q escreves… sem lamúria, mas com uma aptidão que só os lutadores e àqueles q tem IVP (índice de viração própria) possuem. Só se começa a caminhar apó o primeiro passo… o melhor q os passos estão sendo dados a dois.BJU da mother-in-law(MIL)…sogra é muito feio…eu acho.